Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Jantar Japonês em Casa – Dicas de Decoração para uma Noite Japonesa

Que tal um jantar japonês em casa?

Para quem gostar da culinária japonesa, um jantar japonês romântico ou um jantar com os amigos são sempre bem-vindos!

E uma noite japonesa é uma ótima forma de sair da rotina e fazer um momento especial especial.

Na semana passada, recebi um casal de amigos que amam comida japonesa.

E para acertar em cheio na recepção, encomendei uns sushis, sashimis, uramaki e outras delícias japonesas para servir na noite.

Dê o play e veja o passo a passo da mesa decorada para o jantar japonês com meus amigos (aproveite para se inscrever no canal!):

Decoração e Utensílios para Noite Japonesa

Em uma mesa posta para um jantar japonês, cada objeto é colocado na mesa com um propósito e cada utensílio é destinado a servir um tipo de alimento.

Não é preciso adquirir um aparelho de jantar japonês tradicional completo se o objetivo é servir um jantar japonês romântico em casa ou para os amigos.

Com algumas adaptações, é possível utilizar acessórios do dia a dia para montar a refeição especial.

Para o jantar japonês em casa, optei por uma paleta de cores sóbrias: verde musgo, preto e vermelho.

Selecionei um jogo americano em MDF com uma capa com listras em dois tons de verde musgo.

A vantagem deste tipo de jogo americano é que é facilmente lavável. E comida japonesa é bem propícia a bagunça, né?

jantar japonês

Para compor, selecionei um prato quadrado preto de sobremesa. O tamanho é ideal para este tipo de jantar.

Caso você prefira uma mesa mais temática, utilize uma porcelana original, com desenhos e tema japonês.

noite japonesa com os amigos jantar japones em domicilio

Acima, à esquerda, posicione o nozoki (berço para shoyu). Se sua mesa tiver pouco espaço, você pode posicionar em cima do prato principal.

hashi

Na lateral direita, posicione o hashi (pauzinho palito japonês) + hashiok (suporte de hashi).

O hashi é um item básico no jantar japonês. Trata-se do equivalente ao garfo e faca ocidental. Os dois palitos de madeira, plástico ou cerâmica são utilizados para levar o alimento até a boca.

Já suporte de hashi tem a função de evitar que a ponta do hashi, suja de shoyo, toque a mesa ou o jogo americano. Assim, evita possíveis sujeiras.

Caso não tenha este suporte, o hashi pode ser posicionado no próprio prato.

decoração mesa japonesa

Para deixar a mesa mais bonita e temática, selecionei guardanapos de tecido nas cores vermelho e preto e porta-guardanapos com símbolos japoneses.

Para a bebida, taças vermelhas, fechando a composição.

Uma decoração japonesa pede alguns elementos que remetem ao tema. Para ajudar na climatização do ambiente, selecionei porta-velas orientais, estilo lanterna, para deixar o ambiente ainda mais aconchegante.

Flores naturais também são ótimas aliadas na decoração. Para esta mesa posta japonesa, utilizei de flores amarelas com detalhes em vermelho.

Você pode optar também por orquídeas ou mesmo um bonsai para decorar o ambiente.

jantar japonês em casa

Minha mesa de jantar possui um aparador fixo. E para auxiliar na decoração japonesa, optei por decorá-lo com uma estátua de madeira do Buda, que faz uma referência ao oriente, deixando a mesa mais temática.

Buda foi Sidarta Gautama, que nasceu por volta de 556 a.C., em um pequeno reino próximo ao Himalaia, na atual fronteira do Nepal. De família aristocrata, instruído, ficou chocado com a miséria e a fome. Peregrinou pelo mundo meditando em busca de explicações para o enigma da vida. Estabeleceu as verdades para se chegar à sabedoria. Criou o Budismo, doutrina religiosa, filosófica e espiritual, hoje muito forte no Japão.

Dúvidas da Culinária Japonesa

Você gosta de comida japonesa, mas não tem muita intimidade? Sabe a diferença do sushi ou do sashimi?

Separei alguns conceitos para facilitar na hora de comer ou receber para uma noite japonesa.

culinária japonesa com amigos

Principais peças da Culinária Japonesa – Cardápio com Nomes e Fotos

Sashimi

Fatias finas de peixes ou de frutos do mar crus.

Sashimi Salmão – Salmão Crú Fatiado.
Sashimi Atum – Atum Crú Fatiado.
Sashimi de Peixe Branco – Linguado, Tilápia ou Robalo Crú Fatiado, Escolhido Conforme a Época.

jantar japonês com os amigos sashimi
Sashimi

Sushi

Bolinhos de arroz temperados com vinagre e coberto por uma fatia de peixe cru, misturados com algas ou frutos do mar.

Dependendo do formato, recheio e modo preparo recebem diversas denominações. Pode ser moldado com a mão ou enrolado. O temaki, por exemplo, é um tipo de sushi!

mesa posta japonesa
Vários tipos de Sushis

Hossomaki

É um tipo de sushi enrolado fino, com arroz e o recheio envoltos em alga marinha.

noite japonesa
Hossomaki Sushi

Conforme o recheio usado, o hossomaki leva um nome diferente:

Tekka maki – de atum
Kapa maki – de pepino
Shake maki – de salmão
Ebi maki – de camarão
Filadelfia – salmão + creme chease

Nigiri

É um tipo de sushi moldado à mão em formato de bolinho com cobertura de salmão, frutos do mar, legumes.

noite japonesa
Nigiri Sushi

Uramaki

É um tipo de sushi enrolado ao contrário.

Feito com arroz sobre folha de nori (alga), tiras de peixe ou outros ingredientes, enrolado de forma que o arroz fique na parte externa. Ura quer dizer “fora”.

O uramaki normalmente vem com gergelim, que além de enfeitar, dá um sabor especial. O mais conhecido é o uramaki califórnia.

jantar japonês tipos de sushi
Uramaki Sushi

Hot Roll

É um tipo de sushi. Hot Roll é um bolinho de arroz recheado com cream cheese e frutos do mar (kani, peixe, camarão) como se fosse um sushi porém é passado na farinha e frito em óleo quente.

Hot Roll
Hot Roll Sushi

Wasabi 

Também conhecido como raiz forte é uma raiz encontrada nas montanhas, ralada e servida como uma pasta verde. Um tempero indispensável da culinária com função bactericida.

culinária japonesa

Gengibre

O gengibre serve tanto para auxiliar a digestão quanto para limpar o paladar entre um prato e outro – seu consumo deve ser feito puro.

noite japonesa

Quantos Sushis por Pessoa?

A quantidade média de peças (seja sushi… sashimi… etc) varia muito de pessoa para pessoa.

Para uma jantar japonês em domicílio, esta quantidade pode variar de 25 a 35 peças. Homens, geralmente comem mais que mulheres.

Então, calcule conforme o horário, se terão mais mulheres a homens (ou vice e versa) e se terão outras opções (shimeji por exemplo…).

Ah, e lembre-se de ter opções com peixe cru e outras com vegetais. Vai que seu convidado não consome o peixe cru, não é mesmo?

Uma dica caso queira diminuir a quantidade de peças para economizar, sugiro acrescentar um prato chinês, como yakisoba ou frango xadrez.

Estes pratos são “intrusos”, mas são sempre bem-vindos e consumidos no Japão. (Lembre-se de colocar talheres para estas opções).

jantar japonês com amigos

Dicas de Etiqueta para Comida Japonesa

  • Evite apontar o hashi para outras pessoas.
  • Não toque com o hashi os alimentos que não for comer.
  • Se você não consegue manipular bem o hashi, não se preocupe. Não é considerado falta de educação se solicitar por talheres.
  • Não crave o hashi em nenhum alimento.
  • Nas pausas para conversa ou entre um alimento e outro, apoie o hashi no suporte.
  • Nunca mergulhar o arroz no Shoyu, somente o peixe que não contém temperos deve receber o molho, o arroz já está temperado.
  • Nunca encha o berço para shoyu até a borda.
  • Ao beber saquê, segure o recipiente onde está o saquê com as duas mãos. Se vier com pires, deixe-o em cima da mesa.
  • Em um restaurante japonês, muitos servem uma toalha (oshibori) para limpar as mãos. A regra é que você use e coloque-a sobre a mesa novamente, sem dobrá-la.

Inspiração de Adornos para Decorar o Jantar Japonês:

  • Flores de origami
  • Tsuru
  • Bonsai
  • Arranjo com Orquídeas
  • Arranjo com Flor de Cerejeira
  • Cerâmicas Japonesas
  • Gato da Sorte Japonês (Maneki Neko)
  • Luminária Japonesa
  • Símbolos Japoneses
  • Leque Japonês
  • Boneco Daruma
  • Kusudama
  • Buda
  • Samurai
  • Dragão Japonês

Comida Japonesa x Gravidez

A comida japonesa é considerada um alimento extremamente saudável, porém na gestação deve ser consumido com cuidado. A grávida pode comer comida japonesa desde que esses alimentos tenham passado por processo de cozimento e seja o menos gorduroso possível.

Já os que compõem em sua montagem peixes crú devem ser evitados já que peixes podem oferecer grande risco de contaminação e apresentar grande risco a saúde da mãe e ao desenvolvimento do bebê, seja qual tipo de peixe for: atum, salmão entre outros.

Os peixes crus podem sofrer deterioração ou apresentar contaminantes que podem ser perigosos para a saúde da gestante e da gestação.

Uma das principais bactérias encontradas nos peixes é a Listeria, que normalmente aparece devido à má conservação dos peixes e frutos do mar ou pela falta de refrigeração em seu armazenamento.

A listeriose ocasionada pela bactéria é uma das responsáveis pelo aborto espontâneo, parto prematuro e até mesmo danos no desenvolvimento fetal.

As gestantes possuem uma facilidade maior em contrair certas doenças, principalmente a listeriose devido ao seu sistema imunológico estar mais sensível que o normal, portanto todo cuidado é pouco.

Dica Extra: Receitas Japonesas para Complementar o Jantar

Quer servir algo diferente que as peças? Vou deixar duas receitas delícia para você acertar:

Shimeji na Manteiga (Meu favorito!)

Ingredientes:

  • 200g de Shimeji;
  • 2 colheres (sopa) de Molho Shoyu;
  • 1 colher (sopa) de Manteiga;
  • Cebolinha (a gosto).

Como Fazer:

  1. Separe o Shimeji em pedaços menores, lave com abundância e reserve.
  2. Em uma panela quente derreta 1 colher (sopa) de manteiga, adicione o shimeji e frite misturando sempre por 2 minutos ou até dar uma leve murchada.
  3. Junte 2 colheres (sopa) de Molho Shoyu e cozinhe misturando sempre por mais 2 minutos ou até reduzir bem o molho.
  4. Finalize com cebolinha picada e sirva ainda quente.
Shimeji na Manteiga
Shimeji

Salada de Sunomono

Ingredientes:

3 Pepinos Japoneses
300ml de Vinagre de Arroz
1 colher (chá) de Sal
250g de Açúcar
Semente de Gergelim

Como Fazer:

  1. Corte os pepinos em fatias finas (use um fatiador de legumes);
  2. Coloque os pepinos em uma peneira com sal. Deixe descansar por meia hora. Depois, lave em água corrente.
  3. Ferva em uma panela o açúcar e o vinagre. Retire do fogo e aguarde esfriar.
  4. Coloque o líquido frio sobre os pepinos. Leve à geladeira por 12 horas.
  5. Ao servir, polvilhe gergelim.
Salada de Sunomono
Salada de Sunomono

Conclusão: Jantar Japonês Romântico para Sair da Rotina

Neste post, listei dicas para uma mesa posta japonesa, seja para um jantar tradicional japonês com os amigos ou um jantar romântico.

jantar japonês romantico

Tem alguma dica especial para uma noite japonesa?

Deixe nos comentários, vou adorar saber!

Bj.

Ticinha Medeiros

Escrito por Ticinha Medeiros

Mineira, natural de Belo Horizonte, fisioterapeuta, pisciana e casada desde 2013. Adora tudo que é relacionado à casa, ao marido e à família. Esforçada e dedicada, busca conhecimento constante sobre culinária, DIY, relacionamento, decoração, como receber em casa, festas e dicas para facilitar a vida de casada.

Blogueira Profissional, fundadora do Portal Esposas Online.

95 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *