Você está lendo:
Restauração do Casamento: 7 Dicas Fundamentais

Restauração do Casamento? Confira neste artigo dicas para resgatar o relacionamento e a vida conjugal.

Estatísticas mostram que no Brasil, 1 a cada 3 casamentos terminam em divórcio. Vejamos o lado positivo dessa análise: 2 a cada 3 casamentos, prevalecem!

Portanto, embora as separações tenham aumentado significativamente nos últimos anos, os números mostram que a maioria dos casais lutam e optam por permanecer juntos, batalhando pela restauração do casamento, em meio as dificuldades que possam surgir.

Então, sejamos otimistas! É possível sim manter o casamento da melhor forma possível, desde que tenhamos alguns cuidados com a relação.

Pensando em tudo isso, preparei esse conteúdo para trazer algumas dicas super importantes para te ajudar a seguir em frente, e fazer jus ao “felizes para sempre”! Vem comigo!

Restauração do casamento é possível?

Restauração do casamento é possível?
Restauração do casamento é possível?

Quando existe amor, tudo é praticamente possível! Não há problema capaz de superar a vontade de permanecer juntos e de fazer o melhor pelo outro.

Por isso, quando há mútuo amor, sempre é possível conseguir a restauração do casamento! Depende apenas da vontade de vocês dois de seguir em frente (sim, isso precisa ser o objetivo e o desejo dos dois!), e da dedicação à relação.

Para tornar essa missão mais clara, eu trouxe 7 dicas para te ajudar com a restauração do casamento, mostrando que não apenas é possível, como também, pode ser alcançável, já que são coisas simples do dia a dia que podem contribuir (e muito!), para o sucesso da relação! Confira!

7 Dicas para restauração do casamento

restaurar o casamento

Siga uma, duas ou todas essas dicas: não importa! O importante mesmo é saber quando devemos seguir em frente. Saber o que está a seu alcance para que você e seu companheiro continuem juntos, unidos, se respeitando, se apoiando e se amando! Confira!

  1. Estimule a gentileza nos pequenos atos

Como diz o ditado “gentileza gera gentileza”. Se você espera ser tratada com carinho, atenção, educação, etc., comece você mesma tendo essas atitudes.

Eu costumo dizer que a melhor maneira de desarmar o outro, é sendo gentil com ele. Isso sempre funciona!

Observe: uma pessoa pode estar com o maior nível de estresse possível, se você levar palavras gentis e agradáveis até ela, ela ficará no mínimo sem graça, de manter uma postura agressiva com você.

Portanto, pratique uma convivência gentil e amorosa no seu casamento. Principalmente naqueles dias em que ocorrer algum desentendimento entre vocês. Ainda que você esteja chateada, brava, desanimada, enfim, esforce-se e seja gentil. Você verá como essas atitudes serão benéficas para a relação, ajudando muito na restauração do casamento.

Além disso nossa atitude influencia na atitude do outro. Com o tempo, através dos exemplos e aprendizado, o outro tende a se espelhar no nosso comportamento.

  1. Faça mais elogios e menos críticas

Com o passar do tempo, podemos acabar perdendo o “filtro” no diálogo com o nosso companheiro.

Afinal, a intimidade aumenta cada vez mais com a convivência e, por isso, é preciso ter cuidado para não acabar criticando demais, já que nos acostumamos a falar sobre tudo com o outro.

Por mais que haja coisas no seu companheiro que te incomodam, evite criticar em excesso ou pelo menos da maneira errada.

Se houver algo que realmente precisa ser conversado, pois, está impactando a convivência de vocês, então escolha as palavras certas para criticar/relatar o problema de maneira leve e amorosa.

Mas, de maneira geral, procure sempre elogiar e evidenciar os pontos positivos do outro. Isso é um reforço para o bom comportamento.

Isso ajudará a aliviar a situação quando você precisar criticar algo e, ao mesmo tempo, aproximará ainda mais o seu amor, de você.

Lembre-se sempre de todas as qualidades dele que fizeram com que você se apaixonasse e optasse por ficar com ele para sempre.

  1. Cultive a tolerância

Restauração do Casamento

Ninguém é perfeito e você já deve saber disso. Por isso, não adianta querer que o outro seja exatamente como você deseja ou pense, fale, aja, enfim, como você. Cada um tem um jeito próprio de ser e essa individualidade deve ser respeitada.

Por isso, seja tolerante no seu relacionamento, sempre procurando ver o lado positivo das situações e praticando a resiliência.

Não apenas para ter um relacionamento feliz e conquistar a restauração do casamento, mas para qualquer tipo de convivência, a tolerância é fundamental.

  1. Use as palavras com sabedoria

Escolha sempre as palavras certas. Principalmente se vocês estiverem em uma fase de relacionamento complicado. Pense bem antes de falar e tenha certeza do que dizer, antes de dizer.

Vejo muitos casais que falam palavrões um para o outro, ofensas gratuitas, mesmo em público. Para mim, isso é um pisca-alerta gigante! Nível de respeito baixo no relacionamento. Caso você se identifique, passe a melhorar seu modo de expressar e falar com seu cônjuge, para retomar respeito entre vocês.

Use e abuse da empatia para colocar-se no lugar do outro, recebendo as suas palavras: como você reagiria? Você iria gostar? Entenderia as intenções por trás das palavras com facilidade?

É fundamental ter sabedoria na hora de se comunicar. As palavras podem tanto amenizar e até resolver uma situação complicada, quanto agravar o problema e acarretar em um fim que você não desejava.

Quando estiver com raiva, por exemplo, respire fundo e evite falar. Você pode acabar falando coisas das quais poderá se arrepender depois.

  1. Escolha suas batalhas

Me refiro aos desafios do dia a dia. Vejo casais que brigam por qualquer coisa. Isso gera um desgaste tão grande no relacionamento…

Vale a pena brigar por problemas cotidianos? Ao invés de brigar, que tal dialogar? Ai você me diz: “Ticinha, mas eu já falei mil vezes”. Então tente falar de novo, mas de outra forma, com outros argumentos, olho no olho. E o que pode estar dentro da sua tolerância, tente relevar.

Um exemplo simples, no meu cotidiano. Meu esposo chega do tênis e seu calçado cheio de terra vermelha fazia marcas pela casa, deixando rastros no porcelanato branco da sala. E assim ficava.

O que eu fiz? Briguei? Pirei? Gritei? Surtei?

Apesar da vontade, deixei um chinelo com um carinhoso bilhete na entrada do apartamento em outro momento em que ele foi ao jogo, para que ele não entrasse com os calçados imundos. Agora, toda vez que ele vai ao tênis, ele já deixa os chinelos estratégicos na entrada da casa, por livre iniciativa. E assim, não houve sequer uma discussão sobre o assunto e todos ficam bem. 🙂

“Brigue” por assuntos que merecem a batalha… Que seja realmente relevante. Vai chegar uma hora que o diálogo será tão cotidiano que as brigas serão desnecessárias.

Não é por tudo que vale a pena lutar. Aliás, nem somos capazes de batalhar por diversas coisas ao mesmo tempo, sem ao menos se estressar com isso.

Portanto, reconheça os seus limites, as suas prioridades e decida pelo que vale a pena insistir. Acho que nesse quesito, o principal aqui é ter certeza de que vale a pena lutar pela restauração do casamento, antes de mais nada.

Tenha em mente que ambos precisam estar dispostos a manter o casamento. Se apenas um dos dois ainda quer, dificilmente essa história terá um final feliz e aí, talvez você precise ser realista consigo mesma e refletir sobre o seu amor próprio e sobre insistir em uma batalha perdida.

  1. Procure uma terapia para casal

Quem faz ou fez terapia de casal, comprova os benefícios! É simplesmente muito útil e maravilhoso, poder contar com ajuda profissional especializada para reconhecer e entender os problemas que o casal tem enfrentado, de uma nova perspectiva.

Além disso, é muito bom poder desabafar sobre os problemas e ouvir opiniões e explicações que podem ajudar a aliviar a nossa sobrecarga emocional. Muitos dos problemas tem origem no nosso subconsciente, então o terapeuta poderá ajudar o casal nesse mergulho e descoberta.

Certamente vocês aprenderão muito e conseguirão lidar de uma maneira mais positiva e tranquila, com os problemas do dia a dia.

Não tenha medo e procure terapia de casal para te ajudar a conseguir a restauração do casamento.

  1. Planeje mais tempo juntos e saia da rotina

A rotina amorosa é uma vilã terrível que pode abalar qualquer relacionamento. Afinal, ela é sorrateira e com o cotidiano complicado e corrido de todos nós, é praticamente impossível não cair na rotina de vez em quando.

Por isso, esteja atenta e sempre que perceber que a rotina está se aproximando, invente e reinvente programas para aquecer a relação. Dê algumas “escapadas” com o seu amor durante a semana, nem que seja apenas para sair e tomar um drink.

Veja filmes em casa, juntinhos, sempre que possível. Compre um presente inesperado. Vista uma lingerie nova. Tomem banho juntos.

Façam uma viagem a dois, se vocês tiverem filhos. Enfim, use e abuse da imaginação, mas não deixem de passar tanto tempo juntos quanto puderem. Isso é imprescindível para a restauração do casamento.

Outras dicas para restaurar o casamento e despertar o interesse

dicas restauração do Casamento

Há ainda uma infinidade de ações que você pode tomar para conquistar a restauração do casamento.

Pense que tudo o que você fizer com sinceridade no seu coração e usando todo o amor e o desejo de vocês permanecerem juntos, é válido.

Mas, para dar uma mãozinha a mais na restauração do seu casamento, eu trouxe algumas dicas extras!

-> Invista mais em você

O amor próprio deve sempre estar em primeiro lugar! Todo homem gosta de manter ao seu lado uma mulher segura, confiante, cheia de energia e autoestima.

A admiração mútua é um tempero essencial para o relacionamento.

Você se admira? O que você pode fazer por você para ficar melhor, mais atraente, mas interessante? Comece a cuida de você e, por consequência, irá surpreender as pessoas em sua volta… Inclusive o seu amor.

Por isso, esteja bem consigo mesma, antes de pensar em promover o bem no próximo ou no relacionamento.

Cuide de você! Pratique uma atividade física para descontrair, relaxar ou melhorar a sua autoestima. Cuide da sua beleza, saia com as suas amigas para bater papo e dar risadas, vá sozinha ao cinema ou a uma boa livraria para garantir bons momentos só seus.

Você também vai gostar deste texto!
casamento

Que tal aprender uma língua estrangeira nova? Que tal fazer no nova pós-graduação? Ou mesmo aprender um instrumento musical?

Isso tudo estimula novidades para si, trazendo novos assuntos para o casal, além de levantar a auto estima.

Enfim: antes de esperar ou tentar promover a mudança no outro, concentre-se na sua própria mudança!

Quando mudamos de dentro para fora, cuidando mais de nós mesmas e nos amando, conseguimos emanar uma energia boa. As pessoas notam e se aproximam de nós.

Certamente o seu amor perceberá toda essa positividade e amor próprio em você!

-> Pratique uma atividade lúdica juntos

Não deixem de aproveitar todas as oportunidades possíveis para passarem mais momentos juntos. E que esses momentos não sejam comuns ou sem graça. Invista em ideias criativas e estimule o seu companheiro a fazer coisas diferentes!

Que tal desenvolver um hobby juntos? Alguma atividade que dê prazer para ambos e que estimule a aproximação e a interação.

Pode ser uma atividade física regular, na qual um sirva de companhia e estimule o outro. Ou então uma aula para aprender algo novo, como uma aula de gastronomia, de dança, um curso de vinhos, etc. Inove!

-> Adicione valores espirituais no seu relacionamento

Restauração do Casamento

O mundo anda bem bagunçado e você deve concordar com isso. Alguns valores parecem estar invertidos, a violência só aumenta, a tolerância está cada vez menor e o amor ao próximo então, nem se fala.

Com todo esse cenário, não há como viver sem fé! Eu pelo menos penso assim. Simplesmente não há como nos blindar de todo mal e nos concentrar na melhora e na restauração do casamento, sem termos valores espirituais no nosso meio.

Converse com o seu companheiro e ainda que ele não esteja disposto, faça você a sua parte! Leia livros sobre fé, frequente uma igreja, veja palestras espirituais, faça meditação, enfim, busque o equilíbrio espiritual e emocional para você, seu lar e seu relacionamento.

-> Faça uma nova viagem de lua de mel

Uma das melhores ideias para dar um novo fôlego na relação, é fazer uma bela viagem! Daquelas inesquecíveis, que rendem lindas fotos e maravilhosas lembranças!

E para isso, não precisa ser aquela viagem caríssima para outro país, não! Dá para fazer uma viagem incrível de um final de semana mesmo, para um lugar bem romântico e gostoso! Explore as opções!

Não deixe de proporcionar isso para você e seu amor! Converse com ele e planeje uma linda viagem ou, se for possível, planeje você e surpreenda-o com o convite! Certamente isso vai dar um gás novo para a relação!

-> Reforce aquilo que ele sempre gostou em você

Uma tática muito boa para apoiar significativamente a restauração do casamento é você colocar em evidência tudo aquilo que o fez se apaixonar por você!

Seja uma parte do seu corpo que ele sempre elogiou ou algo que você faz e sempre o encantou: evidencie isso!

Se ele sempre gostou das suas pernas, por exemplo, deixe-as mais à vista, quando vocês estiverem juntos! Aposte em roupas que deixem suas pernas a mostra e deixe-as sempre lindas!

Se ele sempre elogiou os pratos que você prepara, vá para a cozinha com mais frequência e prepare os pratos preferidos dele!

Tudo isso fará com ele preste mais atenção em você, se lembre de tudo o que fez com que ele se apaixonasse por você e dê valor para as qualidades da mulher que ele tem ao lado dele. Enfim, não deixe de sempre evidenciar as suas qualidades!

Conclusão: a restauração do casamento é sim possível!

Restauração do Casamento

Eu espero de coração que você consiga a restauração do seu casamento, e que vocês sejam muito felizes!

Torço para que esse conteúdo que preparei com tanto carinho e dedicação, ajude a clarear as suas ideias e te dê força para batalhar por seu amor. As atitudes cotidianas fazem muita diferença.

Afinal, ninguém casa pensando em separar, portanto, tudo o que puder ser feito para resgatar todo amor, cumplicidade, parceria, carinho e atenção, do início do relacionamento de vocês, é mais do que válido!

Eu adoro dar todos os tipos de dicas para as minhas leitoras, mas tratando de resgatar um amor, eu fico ainda mais contente em poder trazer ideias e ajudar!

Portanto, use e abuse das dicas que trouxe aqui! Além disso, não deixe de contribuir com as outras leitoras que também estão em busca da restauração do casamento: compartilhe aqui as suas experiências, as suas dúvidas sobre o tema, bem como sugestões e ideias que possam ajudar, também! Beijos!

Ticinha Medeiros

Gostou? Te ajudei? Aprendeu algo? Seja sincera...
Aprendendo com a Tici
0
Emocionei!
0
MTO AMOR
0
Não gostei :(
0
Pensativa...
0
Ver comentários! (0)

Entre na conversa... Comente também!

Your email address will not be published.

Esposas Online por Ticinha Medeiros — Copyright © Todos os direitos reservados.

← Rolar para o topo